♛ Imperial: Ministros de Anamaria – Emilly Cristina (Bônus Entrevista)

Por Estefania Cristina

Sabe por que eu gosto tanto de literatura? Por que é o único lugar que posso fazer a minha magia acontecer. Quando escrevo eu entro em contato com o universo, em contato com a centelha de Deus! Entro em contato comigo mesma!

Eu gosto de literatura, pois, é o único lugar que posso brincar de criar mundos, assim como, quando eu era criança! E tudo existe, e tudo é bom, até quando o vilão existe! Ora bolas, quem não tem seu malvado favorito?

Quando eu escrevo, eu me resolvo! Quando eu escrevo eu sou completa.  “I’m pure Soul!” – Estefania Cristina.

Bem, falando em magia, conclui uma leitura essa semana que não tem outro nome para dar a ela, a não ser mágica!  Estou falando do livro: Imperial –Os Ministros de Ana Maria.

“A água é laranjada, o céu rosa e as nuvens douradas. ” (Cap. 08)

Imperial, ganha em disparada de muitos livros de fantasia, no quesito cenário! É único, verdadeiro é original! Parece um sonho, pois apenas sonhando seria possível entender o mundo de “Anamaria”.  Se eu fosse comparar esta história a outras obras, compararia a “Nárnia”, “Piratas do Caribe”, “Alice no País das Maravilhas” e “As Aventuras de Pi”.

Curiosidade: Você sabia que “As Aventuras de Pi” de Yann Martel, publicado em 2001, é baseado – É um plagio – do livro brasileiro “Max e os Felinos” de Moacyr Scliar, publicado em 1980? (Plagio é crime.) Sabe o que  Yann disse? “Quis aproveitar uma boa ideia estragada por um escritor ruim!” Essa matéria repercute em sites como Wikipedia, G1 e Uol

Achei importante da nota disso, para vocês leitores que ficam babando o ovo de livros internacionais e não percebem que temos escritores maravilhosos dentro do Brasil! Absorva essa informação! Pois somos irmãos de nação! Não sei você, mas meus irmãos veem em primeiro lugar!

Hoje eu estou polêmica, por que eu gostei muito do livro da Emilly e eu acredito verdadeiramente que esse é o tipo de livro que toda criança deve ganhar. Aliais, deveria tê-lo nas bibliotecas das escolas ou quem sabe alcançar voos maiores!

O livro se passa em Goiás, totalmente nacional, tem o nosso jeito brasileiro de ser, retrata o folclore brasileiro de uma forma totalmente diferente! É um livro para todos os públicos, mas em especial, acredito que seja perfeito para crianças. Acho que todo pai dever comprar este livro e ler para o seu filho antes de dormir.

“Livros não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas. ” – Mario Quintana

“O que você faria se sua casa amanhecesse boiando em outro mundo? É o que acontece com a família Libra, e o que era para ser um simples fim de semana se torna um grande transtorno quando se descobrem ilhados em outro mundo, para cumprir a profecia da Lua Roxa. “  

“É preciso proteger o Imperial até que ele possa tomar o Trono Roxo da Ilha de Palvarás, anulando as maldições do usurpador Alejandre. No meio desta corrida contra o Homem do Buraco Oriental, que Íris e Victor se conhecem, mas que futuro um romance pode ter nesta situação? ”

Vinha da lua uma luminosidade estranha, um brilho diferente, e era roxo, que por um segundo ele tentou entender. ” (Cap. 1)

Minha paixão foi o Victor! A interação dele com a família Libra, principalmente com a Iris, é a coisa mais fofa e engraçada, devido ao fato dele não ter a mínima ideia do que significa as gírias (importante detalhe, por que realmente ele nãos saberia). Mas, é corajoso, maneja uma espada com maestria, é um herói responsável por colocar minha adrenalina lá no alto. E é lindo de morrer! (Risos).

Percebesse que a Emilly trabalhou bastante em todos os pontos da história, porque uma coisa lá no início faz todo sentindo no final, Ex.: o fusca roxo do Fabio. Só quem ler vai entender o que estou falando. Querido leitor, eu não gosto de dar spoiler, então faço um convite a você, venha ler Imperial, no Wattpad, enquanto ainda está lá. É um livro que vale cada página lida!

Clique aqui e leia gratuito no Wattpad Imperial.

Clique aqui e compre o livro físico no Clube de Autores e presentei quem você ama.

 

BÔNUS ENTREVISTA

P1- (Fany)  Quantos anos você tem? Ou prefere segredo?

R1- (Emilly) Não é segredo, já estou saindo das minhas 24 eras – piadinha interna hahaha.

RR1 – (Fany) ha ha, boa Emilly. O detalhe das “Eras” no livro foi genial.

P2- (Fany)  Como surgiu a ideia do livro Imperial?

R2- (Emilly) Meu pai achou uma máquina de escrever na rua, quando fui brincar e experimentar o negócio me veio a ideia de uma casa boiando. Ao redor disso precisei criar um contexto, o que demorou mais. E mais. E muito tempo.

RR2- (Fany) Não é nada do que eu imaginava. (Risos) Mas, se tratando de você deveria imaginar.

P3- (Fany) Por que o encanto com o Roxo?

R3- (Emilly) Agora estou pensando, mas não tenho certeza. Eu assistia Teen Titans na TV e uma das personagens tinha o cabelo roxo, era bem misterioso tudo que tinha a ver com ela. Acho que depois disso eu comecei a perceber o roxo e o coloquei em destaque quando tive a ideia da casa boiando.

RR3 -(Fany) O bom do roxo é que ele passa a ideia de realeza e magia. A propósito, tenho que ressaltar que amei a capa.

P4- (Fany)  Você tem ideia de que seu livro toca o público infantil? Ou melhor, toca a criança interior de quem ler?

R4- (Emilly) Minhas inspirações certamente vieram de histórias destinadas ao público infantil, mas eu mesma não tinha percebido o resultado. Muitas leitoras do Wattpad pontuaram isto.

RR4 (Fany) Eu particularmente adorei isso, por que, muitos escritores dentro do Wattpad, não escreve para os mais jovens. E é importante ressaltar que os pequenos estão por lá também. Parabéns Emily!

P5- (Fany)  Já pensou em enviar o livro para uma editora? Pois, tem potencial.

R5- (Emilly) Sim, tentei contato com algumas editoras, mas ou não recebem originais ou o preço cobrado não cabe para mim. O Clube de Autores é uma boa pedida para livro físico, mas também muito restrito devido ao valor. Assim o Wattpad tem sido a melhor forma de mostrar a história.

RR5- (Fany) Continue tentando, quando a grade das editoras abrirem Emilly, tenho certeza de que mais cedo ou mais tarde ele recebera uma chance.

P6- (Fany) Quer deixar um recado lindona?

R6- (Emilly) Para quem fica sentado na frente do teclado digitando ideias e esperando dar sentido a elas, ver esse tipo de reconhecimento é a cereja do bolo, a coroa imperial, a estrela da árvore de Natal, a… enfim, gente kkkkkkkk Deixo meus obrigadas a quem embarcou na casa roxa que boia dos Libra , e o convite para você que ainda não leu, descobrir todas as sensações desta história.

RR6- (Fany) Muito obrigada Imperial Emilly por conceder esta entrevista!

Por Estefania Cristina, autora do livro O Relicário – A História dos Mundos.

9 Responses to ♛ Imperial: Ministros de Anamaria – Emilly Cristina (Bônus Entrevista)

  1. A cena que considerei a cereja do bolo é a luta entre Victor e Augustos na sala do trono. Pura emoção!

  2. A cereja do bolo mesmo , obrigada!

  3. Fiquei muito feliz com essa resenha, de saber a sensação que a história trás para quem lê. Torço para que mais pessoas embarquem na casa dos Libra, vamos gente!!

  4. Sir Claudio disse:

    Confesso que a leitura de Imperial: Ministros de Anamaria me deixou completamente estupefato! Aos que valorizam a cultura, os regionalismos e suas nuances, a aventura em si nos deixa um gostinho de querer mais, o que vai acontecer depois??????? O quê? O quê?????? o.O
    Parabéns a autora do livro e também a Fany pela valorização da obra.

  5. E eu quem nem sou leitora de fantasia sou super fã dessa menina, fiquei pasma com a criatividade dela desde que comecei a ler seu livro tempos atrás no wattpad, e concordo contigo, Fany, esse livro merece mesmo estar em todas as bibliotecas escolares e é com certeza um excelente presente para os nossos pequenos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.